Vagas de Estágio MPE - RS 2016: Porto Alegre

Gostou? Então compartilhe:

Quer concorrer a uma vaga de estágio 2016 no MPE - RS? Confira as informações necessárias para se inscrever na vaga de estágio 2016 no MPE - RS.

Foi divulgado pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul (MPE - RS) o edital de um novo Processo Seletivo para contratação de dois estagiários na Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público de Porto Alegre.

A seleção busca por estudantes matriculados, no mínimo no 5º semestre do curso de Ciências Jurídicas e Sociais/ Direito.

A jornada de trabalho será desempenhada em 30 horas semanais, com bolsa de R$ 5,10 por hora, além de R$ 7,00 referente à alimentação e R$ 6,50 de auxílio transporte, ambos por dia de trabalho.

COMO SE INSCREVER A UMA VAGA DE ESTÁGIO MPE - RS 2016:

Os interessados devem se inscrever de 8 a 12 de agosto de 2016, na sede da Promotoria, que fica na Rua Santana, nº 440, 6º Andar, Bairro Santana, Porto Alegre, entre as 9h e 17h.

Para classificar os alunos haverá Prova Discursiva, que abordará um tema jurídico que será indicado por ocasião da prova, além de Entrevista Individual.

Sobre o MPE-RS

Nos termos do art. 127 da Constituição Federal, o Ministério Público é uma instituição permanente, essencial à função jurisdicional do Estado, incumbindo-lhe a defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses sociais e individuais indisponíveis.

O Ministério Público tem por chefe o Procurador-Geral de Justiça, nomeado pelo Governador do Estado dentre integrantes da carreira, indicados em lista tríplice, mediante eleição.para mandato de dois anos, permitida uma recondução por igual período, na forma da lei complementar.

A Procuradoria-Geral de Justiça é o orgão de administração do Ministério Público, sendo que a administração Superior é formada também pelos Órgãos Colegiados (Colégio de Procuradores de Justiça e Conselho Superior do Ministério Público) e pela Corregedoria-Geral do Ministério Público.

Enquanto Instituição, o Ministério Público tem autonomia orçamentária, administrativa e funcional, gerindo os recursos que lhe são destinados pelo orçamento, dirigindo suas Procuradorias e Promotorias e atuando, na atividade de execução, com independência funcional, sem qualquer subordinação, exceto à Constituição e legislação vigentes.

No plano funcional, o Ministério Público é integrado por membros, servidores e estagiários, sendo que, dentre os primeiros estão os Procuradores e Promotores de Justiça e os demais constituem os serviços auxiliares.

A carreira dos membros do Ministério Público é composta por Promotores e Procuradores de Justiça, que atuam nas funções de execução, em atividades judiciais (perante o Poder Judiciário) e extrajudiciais, nas áreas criminal, cível e especializadas (cidadania, meio ambiente, cível e defesa do patrimonio público, infância e juventude, consumidor, ordem urbanística).

A Instituição abrange atendimento a todo o Estado do Rio Grande do Sul, nas cidades que sediam comarcas, em prédios próprios ou em dependências do Poder Judiciário; na Capital, o prédio-sede está localizado na Av. Aureliano de Figueiredo Pinto, 80 e a Chefia institucional, desempenhada pelo Procurador-Geral, é atende no antigo Forte Apache, localizado na Praça da Matriz.

 

 

 

 

Gostou? Então compartilhe:
comments